+351 213 245 000 info@avaclinic.pt
tratamentos3

Microinjecção (ICSI)

A Microinjecção, ou ICSI, veio revolucionar o tratamento da infertilidade de causa masculina. A ICSI consiste na introdução de um espermatozóide em cada óvulo maturo para permitir a sua fertilização. A ICSI é usada em situações em que há alterações na qualidade ou da quantidade de espermatozóides (poucos espermatozóides; diminuição da mobilidade ou alterações da forma).

A ICSI também se utiliza nos casais em que não ocorreu fertilização dos óvulos em tratamentos de IVF anteriores.

O protocolo de tratamento é similar à IVF, no que diz respeito à estimulação dos ovários, à punção ovárica e posterior divisão embrionária.

Mesmo em situações em que não há espermatozóides no ejaculado, através de uma punção testicular (TESA) é possível obter espermatozóides que podem ser usados na ICSI para fertilizar os óvulos.

Em situações clínicas que o necessitem, na ICSI, tal como para a IVF podem usar-se óvulos ou espermatozóides de dadores.

As taxas de sucesso da ICSI são de cerca de 35-45% por tentativa, dependendo muito da idade da mulher e da qualidade dos embriões transferidos. Com um conjunto de 3 ICSI, consegue-se uma taxa cumulativa de gravidez de cerca de 75-80%. A ICSI com utilização de óvulos doados apresenta taxas de gravidez mais elevadas por se utilizarem óvulos de mulheres mais jovens. ♦