+351 213 245 000 info@avaclinic.pt

O Doutor Explica

Sabemos que os tratamentos de Procriação Medicamente Assistida podem ser assustadores para quem procura informação sobre infertilidade. A pensar em todas as pessoas que sofrem com este dilema a Ava Clinic lançou uma nova plataforma de ajuda para todos aqueles que têm dúvidas e questões a colocar. Se é o seu caso então este novo espaço é para si. Todas as semanas, na nossa página de Facebook, vamos selecionar uma questão colocada pelos pacientes e o nosso médico especialista em fertilidade, Dr. Paulo Vasco, vai esclarecer esta questão. Mas para isso precisamos de saber quais são as dúvidas que existem desse lado. Pode colocar a sua questão directamente na nossa página de Facebook ou enviar-nos um e-mail para info@avaclinic.pt. Não se acanhe, se tem uma dúvida o Doutor explica!


 

Aborto de Repetição

“Bom dia Dr Paulo. Tenho 41 anos e já fui mãe há 20 anos. Eu e o meu marido andamos a tentar aumentar a família há já algum tempo mas sempre sem sucesso. Desde que começámos a tentar já tive três abortos. Ao que se pode dever esta dificuldade em engravidar?”

“Bom dia e muito obrigado, desde já, pelo seu contacto.
O aborto é uma complicação frequente e associa-se maioritariamente a malformações no embrião. Embora existam muitas causas para o problema, este facto está fortemente associado à idade da mulher e aos 41 anos esse risco é, de facto, muito elevado, o que justifica a dificuldade de engravidar.
Contudo, a fazer alguma coisa para aumentar a probabilidade de engravidar sugerimos a fertilização in vitro, tratamento em que se assiste à fertilização e se acompanham alguns dias os embriões em laboratório, permitindo escolher os embriões mais adequados. Mas atenção, não é a varinha de condão …mesmo recorrendo à fertilização in vitro as taxas de sucesso destes tratamentos aos 41 anos, rondam apenas os 15%.
Melhores cumprimentos,
Paulo Vasco”

 


 

 

Laqueação Tubária

“Boa tarde, fiz uma laqueação há cerca de quatro anos quando fui operada a um quisto. Agora gostava muito de voltar a ser mãe. Será possível? Obrigado.”

“Boa tarde e muito obrigado pelo seu contacto.
Com os elementos que nos dá, a resposta à questão que nos coloca é algo difícil. Contudo, saiba que existem duas soluções técnicas para tentar a gravidez após uma laqueação de trompas:

1. A reversão tubária que é uma cirurgia complicada e com relativamente baixa taxa de sucesso.
2. A fertilização in Vitro (FIV), solução mais fácil e com taxas de sucesso maiores .

Mas, no entanto, para determinar se existem condições para a gravidez necessitará sempre de uma avaliação cuidada da fertilidade do casal. E isso só será possível em consulta médica e muitas vezes com o apoio de exames clínicos. Sugiro portanto que consulte um médico que a avalie fisicamente antes de dar o passo da cirurgia ou da FIV.

Cumprimentos,
Paulo Vasco”

 


 

Miomas Uterinos

“Bom dia Doutor tenho 26 anos e há pouco tempo descobri que tenho miomas uterinos. Tenho medo que não possa vir a ter filhos. O que me aconselharia a respeito deste problema? Obrigado.”

“Boa tarde. Obrigado pelo contacto .
Os miomas uterinos são a patologia uterina mais frequente, causadora de queixas, aborto de repetição, infertilidade e pela forma agressiva como a doença por vezes evolui, pode culminar na incapacidade definitiva para reproduzir e em extremo à necessidade de ablação do útero. Os miomas uterinos são nódulos de músculo, resultam do crescimento autónomo de um grupo de fibras musculares que geram um novelo que cresce. Podem ser únicos ou múltiplos; podem ter um crescimento rápido ou lento; podem atingir grandes dimensões ou não; podem surgir noutros órgãos onde existam fibras musculares; não existe uma idade em que são mais frequentes; a sua evolução é mediada pelas hormonas sexuais feminina e existe um padrão familiar o que aponta para a existência de um factor genético, embora tenham sido apontadas também razões alimentares e ambientais.
Neste sentido, respondendo à questão que me coloca, a existência de um mioma não é razão para não conseguir reproduzir, mas é um alerta para acompanhamento do problema, pois só assim se pode acompanhar a evolução e torna possível a realização de atitudes preventivas e/ou curativas. Sugiro por este facto a consulta de um especialista para a avaliação correcta do problema.

Cumprimentos,
Paulo Vasco”

 


 

Doação de Óvulos

“Bom dia Doutor. Nunca fui mãe e tenho 29 anos. Gostaria muito de ser dadora de óvulos. É possível doar óvulos na vossa clínica? E tenho que ter alguma característica especial?”

“Bom dia . Obrigado pelo seu contacto. Respondendo directamente à sua questão, sim é possível ser dadora de óvulos na Ava Clinic. 29 anos é uma idade ótima para doar óvulos, independentemente das suas características físicas, grupo sanguíneo ou outra. Necessitamos porém, de saber se tem todas as condições de saúde física e psicológica para que possa doar sem risco e/ou com risco de transmitir um eventual problema. Estas questões são sede de resposta numa consulta própria, depois de estudada por especialistas na área da fertilidade.
Sugerimos que contacte directamente a clínica e sem qualquer compromisso a esclareceremos com todo o prazer.

Cumprimentos,
Paulo Vasco”

 

 


 

Gravidez Gemelar

“Bom dia gostaria saber mais sobre a FIV. Gostaria de ter gémeos. É possível na vossa clínica?”

“Boa Tarde. Muito obrigado pelo seu contacto. A Fertilização in Vitro (FIV) é um tratamento indicado para resolver problemas de fertilidade conjugal, quando métodos mais simples como o coito programado ou a inseminação artificial não resolvem o problema. Na FIV os óvulos e os espermatozóides são colhidos e no laboratório são aproximados de forma a facilitar a fertilização das células e a formação dos embriões. Esses embriões são depois seleccionados e colocados no interior do útero; cerca de 30% a 40% destes embriões vão implantar e resultar numa gravidez evolutiva. Habitualmente implantam-se no útero 1 ou 2 embriões, reservando-se esta última opção para quem quer aumentar ligeiramente a probabilidade de engravidar, à custa do risco de poder engravidar de gémeos . Contudo nem sempre assim. Só cerca de 20 a 25% das gestações conseguidas pela transferência de 2 embriões resultam em gravidez gemelar; e destas gestações só cerca de metade resultam no parto de 2 crianças. Ou seja, a natureza é soberana nestas decisões e não é possível garantir que de uma FIV que correu de forma exemplar resulte uma gravidez de gémeos.

Cumprimentos,
Paulo Vasco”

 


 

Os Números da Infertilidade

“Doutor gostaria de saber mais sobre infertilidade. Quais as principais causas? É normalmente um problema da mulher ou do homem?”

“Bom dia. Obrigado pelo seu contacto.
Sabia que 15% dos casais portugueses tem dificuldade em conseguir o filho que deseja? Em cerca de 35% dos casos de infertilidade o problema é atribuído à mulher. Em cerca de 35% das situações as razões da infertilidade são atribuídas ao homem. Em cerca de 20% dos casais inférteis ambos os cônjuges contribuem, em maior ou menor grau, para o problema. Em 10% dos casais não se detecta qualquer razão aparente para a infertilidade, sendo estes casos denominados de infertilidade inexplicada.

Se tem um problema de infertilidade, deverá procurar o seu médico assistente para expôr o problema e realizar os estudos mais simples; se necessário será feito o encaminhamento para um centro especializado, onde completará a investigação e poderá efectuar o tratamento mais adequado. A melhor ajuda para o casal que não consegue ter filhos, reside no diagnóstico correcto da causa de infertilidade e na escolha da alternativa terapêutica adequada.

Cumprimentos,  Paulo Vasco”